FANDOM


Abertura TV GIF

Logo utilizado em toda a série.

Coragem, o Cão Covarde (em inglês Courage the Cowardly Dog) foi uma série americana de desenho animado de 4 temporadas criada por John R. Dilworth e produzida pela Stretch Films Inc. em parceria com o Cartoon Network Studios. Foi exibida no próprio Cartoon Network entre os anos de 1999 até 2000, porém tendo o seu episódio piloto lançado no ano de 1995. Mesmo após o encerramento de sua produção, continuou sendo exibida até meados de 2010 durante toda a Era City do Cartoon Network. Posteriormente teve seus direitos de exibição comprados pelo SBT e sendo exibida no mesmo durante as manhãs do programa Bom Dia e Cia.

As série ficou conhecida pelos seus personagens assustadores e pelo seu humor, que as vezes se aproximava de um terror ou até um humor negro, apesar de ser exibida no Cartoon Network. Devido aos seus personagens serem um tanto quanto assustadores, a série passou a ser temida entre os seus telespectadores que em sua grande maioria eram de crianças.

Atualmente a série ainda é exibida quase que diariamente no canal Tooncast, nos horários de 03:30 e 15:30 e muito raramente nas manhãs do Cartoon Network (no horário em que passava o Cartoon Zaum) entre os horários de 05:00 à 07:00. A série também está disponível no Netflix, porém tendo apenas as 3° e 4° temporadas disponibilizadas. Também é possível vê-la completa, mas em baixa qualidade, em sites de pirataria de filmes e séries online.

Enredo Editar

A série conta a história do personagem principal Coragem, um cão medroso e cor de rosa que vive em Lugar Nenhum juntamente com os fazendeiros Muriel, uma mulher escocesa, bondosa e fiel companheira de Coragem e Eustácio, um velho resmungão, mal-humorado, ganancioso por dinheiro e comida que constantemente faz maus tratos a ele ao Coragem.

Courage-the-cowardly-dog-the-house-of-discontent

Cabeça flutuante fantasma, um exemplo das coisas assustadoras que apareciam no desenho.

Lugar Nenhum muitas das vezes na vida real é descrito como os arredores da famigerada Área 51, localizada no deserto de Kansas nos Estados Unidos. Isso é justificado pela presença constante dos militares nos episódios e por não haver quase nenhum sinal de vida aos seus arredores. No desenho é descrito como um grande deserto infértil e com uma pequena cidade próxima.

Coragem por sua vez tem que lidar diariamente com coisas estranhas que acontecem em sua fazenda, coisas essas que variam desde animais, monstros, robôs, coisas perturbadoras até experimentos malucos para raptar Muriel ou para fazer algo de mau a ela e Coragem sendo um fiel companheiro dela, sempre tenta fazer de tudo para salva-la.

Personagens Principais Editar

Curiosidades Editar

  • É um dos poucos desenhos do Cartoon Network em que os personagens humanos e alguns não humanos possuem 5 dedos nas mãos, ao invés de 3 ou 4 como é o padrão na maioria dos desenhos.
  • Entre os desenhos originais do Cartoon Network, o desenho foi pioneiro em usar o 3D misturado ao 2D em alguns episódios, pois na época o 3D ainda era uma novidade e estava surgindo aos poucos. Alguns personagens e alguns objetos são feitos totalmente em 3D e apenas inseridos do cenário em 2D.
  • No curta metragem Smart Talk with Raisin produzido por John R. Dilworth para a MTV em 1993, é possível ver o conceito bem inicial do Coragem que é mostrado como o cachorro mágico. O focinho, o formato da cabeça, os bigodes, as 3 pintas perto dos bigodes, a boca, as orelhas e o corpo em si se parecem bastante com o desenho do Coragem.
  • O criador da série John R. Dilworth já apareceu diversas vezes em programas que estavam sendo exibidos na televisão da sala.
  • O desenho abordou diversos assuntos polêmicos para a época como lesbianismo, machismo, violência explicita, terror, escravismo doméstico, etc. a tal ponto que determinados episódios foram banidos de serem exibidos no SBT e no Cartoon Network do Brasil.
  • A cada temporada os vilões que aparecem na televisão da abertura da série mudam para os vilões que irão aparecer no decorrer dos episódios da temporada.
  • Em entrevista ao canal RebelTaxi do YouTube, John R. Dilworth disse que parte do terror misturado com humor da série se dá pelo fato dele pessoalmente gostar bastante de terror e humor negro.
  • Na mesma entrevista ele também admitiu que se a série tivesse um reboot como: As Meninas Super Poderosas, Ben 10 e Os Jovens Titãs em Ação, boa parte das histórias e dos personagens teriam que ser cortados ou censurados devido ao seu humor negro ou ao humor de terror, já que hoje o público se sensibilizaria facilmente e geraria muitas críticas ao reboot.